fbpx
Menu Fechar

Atenção plena e presença

Vivemos numa época em que as pressões e o stress são cada vez maiores, a corrida do dia a dia não deixa espaço, na maior parte das vezes, para parar e para nos conectarmos connosco, com as nossas intenções e com o momento presente.  As tecnologia amplificam o nosso nível de distração e a incapacidade em lidar com as emoções.As nossa relações sofrem com isso, principalmente as relações familiares e com os nossos filhos. Vivemos com ansiedade, medo e frustrações baseadas em expectativas e transmitimos esses sentimentos às nossas crianças. As crianças vivem no presente, mas nós, geralmente no nossoLer mais

Hábitos diários de conexão

Uma das coisas mais importantes, se não “a” coisa mais importante, na relação que temos com uma criança é o nível de conexão: é o nível de conexão que a criança sente que vai influenciar ou até determinar a forma como ela se comporta também connosco! A melhor forma de criarmos uma ligação forte e segura com os nossos filhos (com efeitos a curto, médio e longo prazo nos seu bem-estar, auto-estima e comportamentos ) é construir hábitos diários de conexão.Aqui ficam algumas sugestões para te conectares com o teu filho (dicas adaptadas do blog da Laura Markham (ah ah parenting).ABRAÇOSLer mais

Perspectivas diferentes

E se olhasses para o teu filho de uma perspetiva diferente?Quando os nossos filhos são bebés, como interagimos com eles ? Não dizemos a um bebé que ele não tem razão para chorar. Procuramos entender a causa do choro, pois percebemos que o choro de um bebé é a sua forma de comunicação.Mais tarde isso muda… quando as crianças são mais velhas e começam a falar, deixas de tentar perceber o que sentem e necessitam e focas-te na forma como te comportam.Mas será que comportamento é o verdadeiro problema? Será que no fundo não é uma solução (do inconsciente). ÉLer mais

Como promover a Inteligencia emocional nas crianças

A infância é o momento  adequado para a criança desenvolver não só habilidades pessoais e sociais, mas também desenvolver a capacidade de gestão das suas emoções (a sua inteligencia emocional).O que acontece quando estimulamos a Inteligencia emocional nas crianças “Se as crianças aprenderem a expressar e a gerir as suas emoções, na infância, vão crescer mais capazes e saudáveis, o desenvolver destas capacidades faz com que se tornem adultos que sabem lidar com os seus sentimentos e emoções, que sabem compreender os outros à sua volta e desenvolver empatia, que sabem controlar  e gerir melhor os seus impulsos.”Compreendemos hoje que trabalharLer mais

Ser emocionalmente inteligente… e criar filhos emocionalmente inteligentes

Nos últimos anos, muito se houve falar sobre Inteligência emocional, inclusivamente esta capacidade é já referida por algumas organizações mundiais como umas das 10 qualidades (soft skills) mais importantes no futuro. Estas soft skills vão ser absolutamente necessárias aos novos profissionais, face à tendência da sociedade e evolução dos desafios profissionais.Os novos desafios profissionais“Os novos desafios profissionais e as tendências da sociedade levam as organizações a valorizar as competências comportamentais e sociais, face às, até agora preferidas, competências técnicas.”Durante várias décadas o nosso QI (coeficiente de Inteligência) era considerado uma variável fundamental para o sucesso.  De acordo com a grandeLer mais

Dicas para as férias

férias missão descomplicar

Proposta para Missão de férias – Descomplicar! Certamente quando chegas a esta altura do ano, já estás cansada, com necessidade de descanso, apanhar  sol, ler um bom livro, passear, não fazer nada …. Quando se tem crianças pequenas esta não é bem a realidade…Talvez os preparativos para as férias já te deixem exausta com muita coisa para pensar, muita coisa para planear, muitas malas para fazer…  E depois, depende … quantas vezes as coisas não correm como planeado e, em vez de momentos de descontração, surgem os momentos de conflito e tantos outros desafios… as férias podem, ser muito cansativasLer mais

Livros recomendados para as férias

Nunca se escreveu tanto sobre parentalidade e há uma oferta imensa de livros sobre o tema (eu confesso que tenho pilhas de livros sobre o assunto). Quando escolho um livro, normalmente já o faço por referencia de alguém, sabendo que será algo com que me sinto alinhada mas, naturalmente, também estou aberta à descoberta de novos autores.Os livros não tem soluções milagrosas, mas, podem dar-nos informação preciosa sobre a criança e podem fazer-nos refletir sobre a nossa forma de estar na parentalidade e na relação que temos com os nossos filhos. É muito interessante esta recolha de informação pois, permite-nos nãoLer mais

Manifesto de mãe

manifesto de mãe

Em 2012 inspirada pelo Manifesto, The Wholehearted Parenting Manifesto da Brené Brown, a Mia adaptou e escreveu o seu prórpio maifesto. É este, que quero partilhar contigo : Manifesto de mãe (Mikaela Ówen)Acima de tudo, quero que saibas que és amado, exatamente como és. Amo-te independentemente do que fazes, dizes ou pensas. Amo-te por seres tu.O amor é tudo, e quero que vejas esse amor na forma como te trato e também na forma que me trato a mim.Quero que saibas que o teu lugar no mundo tem sempre valor. Tu tens sempre valor.Prometo que vou praticar auto-compaixão, prometo que vou abraçarLer mais

O desafio da Parentalidade Consciente – Mudança de Mindset

Artigo escrito para a Revista Mindset Magazine de Abril.Quando conheci a Parentalidade Consciente e me propus a um conjunto de reflexões que nunca tinha feito, percebi como a parentalidade pode ser muito mais serena e menos desgastante se houver uma mudança de mindset. Essa mudança implica transferir o nosso foco da forma como podemos moldar os nossos filhos para o foco na forma como nos podemos transformar em melhores pessoas, e assim nos podermos tornar o apoio e o porto seguro que os nossos filhos necessitam.Na realidade, nesta fase, tomei consciência de como cresci e evolui como pessoa desde que souLer mais

Como gerir a relação com os filhos quando se trabalha sem horários

Artigo escrito para o Número 1 da Revista Mulheres à Obra, lançado a 8 de março de 2019 Tal como muitas de vós, também sou mãe, mulher, esposa, filha, profissional, etc Desempenho vários papeis e tal como muitas de vós também me debato com a eterna questão do equilíbrio entre os vários papeis e as várias áreas da vida.Esta necessidade de equilíbrio entre a vida pessoal e a vida profissional é muito maior em nós mulheres, penso que tem a ver que o nosso nível de exigência no desempenho destes vários papeis.Para a maior parte das mães que trabalham com horáriosLer mais