Menu Fechar

Mãe consciente sim… mãe perfeita não…

caminho da parentalidade consciente - mães conscientes

Considero-me uma mãe consciente, não sou perfeita (ninguém o é), longe disso … nem o quereria pensar, quero ser autentica, genuína, com todas as coisas boas e menos boas. Com todas as “falhas” inerentes ao ser humano.  Mas sou atenta. Observo, conheço-me, reflito, aprendo e procuro melhorar.

Sou uma mãe confiante e acredito que faço o melhor que posso e sei, e em cada momento:

  * Guio-me pelas minha intenções enquanto mãe.
  * Guio-me pelos valores base da Parentalidade Consciente.
  * Procuro estabelecer uma relação forte e saudável com as minhas filhas.
  * Procuro estar presente e conectar-me, comigo e com elas…
  * Acredito no poder da comunicação autentica.

Quando falamos de Parentalidade Consciente, muitas mães se questionam se não é algo maravilhoso em conceito, mas impossível de pôr em pratica.

De alguma forma atribuímos este conceito a uma forma de ser mãe quase exemplar e aí temos medo. Medo de não ser capazes, sentimentos de culpa de não conseguirmos ser aquela mãe perfeita que sonhamos, de não conseguirmos ser o exemplo que queremos ser para os nossos filhos. E isso cria ansiedade e pressão …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *