Menu Fechar

Respeito pela integridade – a nossa e a dos nossos filhos

Na Parentalidade Consciente há 4 valores base que, penso, serem valores base para a vida harmoniosa em família, e também, acredito, valores base das relações humanas.

IGUAL VALOR, RESPEITO PELA INTEGRIDADE, AUTENTICIDADE, RESPONSABILIDADE PESSOAL

Hoje é a vez de te falar do Respeito pela nossa integridade.

Quando falamos de integridade falamos do todo que somos em cada momento, das nossas emoções, dos nossos pensamentos, dos nossos valores e também dos nossos limites e necessidades físicas e psicológicas. Respeitamos a nossa integridade quando percebemos tudo isso em nós, quando continuamente observamos as nossas emoções, os nossos pensamentos e os nossos valores e refletindo sobre isso criamos e sabemos comunicar os nossos próprios limites.

Respeitar limites

Quantas vezes desrespeitamos a nossa integridade, deixando de escutar o nosso interior em detrimento do que nos é exigido exteriormente pelos outros, pela sociedade em geral? Quando o fazemos, quando não respeitamos os nossos limites, o que estamos a ensinar aos nossos filhos? 

Se soubermos começar por nós, sabendo respeitar a nossa integridade, também saberemos respeitar a integridade dos outros. Como podemos  orientar os nossos crianças a respeitar os adultos, se como adultos não dermos o exemplo?

E o respeito pelos limites da criança? As crianças tem os seus proprios limites e respeitá-los é respeitarmos as suas emoções, os seus pensamentos, as suas inquietações mesmo que não concordemos com elas.
Ao respeitar a integridade da criança, estamos a promover também uma auto-estima saudavel. 

Dizer Não

Quando falamos em respeitar a integridade das crianças, falamos tambem em dizer Não. Porque respeitar a integridade não quer dizer que a criança receba tudo o que quer, mas sim, o que necessita. Desejos ou caprichos não são necessidades, cabe-nos a nós perceber a diferença e saber comunicar os nossos limites. 

É natural os nossos filhos chorarem, ou ficarem tristes com uma decisão nossa que, embora respeite a sua integridade, possa não respeitar o seu desejo. É natural, mas também depende da forma como o comunicamos! Aqui interessa praticar uma comunicação consciente.

O respeito pela integridade na adolescencia 

A adolescência é um dos primeiros grandes testes à auto estima da criança. Um adolescente que respeita a sua integridade pessoal e que sabe exprimir os seus limites, sabe dizer que não quando precisa dizer que não e sabe defender as suas escolhas. Por isso é tão importante este trabalho vir da infância. 

O desenvolvimento de uma auto estima saudavel funciona como o nosso sistema imunitário social.

Até j!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *